No calor da madrugada




Quando chegar a madrugada
e meu corpo em ti buscar o amor
vou desenhar-me em tua pele
e antes que a manhã se revele
sorverei o teu sabor
seremos além de amantes
comandados
comandantes
a caça e o caçador

Quando chegar a madrugada
vou salpicar de estrelas
teu suor sobre o lençol
e em suave melodia
no encontro da noite com o dia
serei a lua
e tu, o sol

2 comentários:

Coyot disse...

Porque tem gente que não consegue falar de sexo com essa suavidade? por que deve ser explicito? não entendo, parabéns pelo seu Texto, suave, sutil, gostoso de ler...

Coyot disse...

Porque tem gente que não consegue falar de sexo com essa suavidade? por que deve ser explicito? não entendo, parabéns pelo seu Texto, suave, sutil, gostoso de ler...