Hoje fui morar nas nuvens

tua
fui crescente
na emoção

- alma leve -

fui minguante
na ilusão

- amor breve -

hoje nova
me refaço
da paixão

- pés no chão -

(serei cheia
na esperança
ou no perdão?)

como tantas
tenho fases
como a lua
como tantas
quis ser
inteiramente tua

hoje
(quem sabe sempre)
há um desejo
de tudo serenar

hoje
(quem sabe sempre)
há uma saudade
ferindo a cada olhar

hoje
no fim do sentimento
num último lamento
meu coração voou
cansou...
e foi morar nas nuvens

6 comentários:

Joca Cruz disse...

Nossa que lindo, belas palavras...

Já nem gosto de poemas rsrs e esse me tocou!

Parabens

Tenho um blog de tirinhas caso queira conhecer, já estou te seguindo!

http://pauliepalito.blogspot.com/

Sarah Slowaska disse...

Adorei. Absolutamente musical, melodioso. Uma delicia de ler e ouvir.

Beijinhos

fabricio bezerra da guia disse...

que inteligente ao comparar as fases da lua com as emoções vividas.

parabens

Gabriel Nelson Koller disse...

ÓTIMO BLOG, E LINDOS POEMAS, PARABÉNS!

Visita o Meu Blog: www.blogdonelso.blogspot.com

Vestibulando disse...

Lindo poema, parabéns mesmo pelo blog e pelas postagens.

Visite: www.blog.maisestudo.com.br

Abs
MaisEstudo

Diana disse...

me identifiquei com o texto
tbm sou de fases..
Bjuss