Meu sótão


Hoje fui ao sótão disposta a uma grande faxina.
Minha vida estava lá, guardada em pequenas caixas.
Algumas desbotadas, outras coloridas, umas mantinham-se perfeitas, outras cobertas de teias e pó.
Sentei-me em meio a todas elas e, pouco a pouco, desfiz os nós.
Lembranças.
Saudade.
Dor.
Felicidade.
Em cada uma um sentimento. Uma emoção.
Em meio às lágrimas, busquei um sorriso p´ra aquecer meu coração.
Nada joguei fora, apenas abri vagarosamente a janela e deixei a luz entrar. Esperança.
Uma nova caixa coloquei lá...

10 comentários:

Iah-Hel disse...

Que linda poesia...vc fez um retrato perfeito do que guardamos no fundo da nossa mente, do nosso inconsciente, do que chamamos de coração...

JU disse...

seja feliz

Tania Montandon disse...

viva a magia das letras e da verve poética, transfigurando tristezas em arte, criando esperança e compartilhando pra nossa graça :)

Homem do Bolinho disse...

Uma poesia que mostra as lembranças e emoções que guardamos em cantos sombrios de nossa mente mas que por vezes acabamos encontrando-as novamente.

Adorei a forma com que usou para descrever tal acontecimento.

Fernando P. disse...

Adorei o poema. Capturou bem esse impulso de "arrumar" as coisas, que vai se esvaecendo conforme trilhamos a caminhada interna nas memórias.

O texto está muito bom, mas no fundo ele me incomoda um pouco, por demonstrar nossa fraqueza contra nós mesmos em alguns momentos, mas o incomodar é característica importante da poesia.

Muito Bom!

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil! - disse...

VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!

Você está fazendo parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo


Um forte abraço,
Dário Dutra

http://www.vejablog.com.br
....................................................................

Priscila disse...

Que poesia tocante!!!
Quem de nós, ñ tem um sotão figurativo?
Bjs =* e PARABÉNS!

www.priscilainfashionland.blogspot.com

Liipee disse...

Eu não vou mentir, mas me deu vontade e roubar as fotos de seus textos, parecem lindas.. sei que tem alguns efeitos mas são mt originais.

sobre o texto, gostei.
talvez eu precise dessa última caixa...
afinal todos nós somos um sótão.

Cath disse...

Oiii, Alice

Vim conhecer seu outro blog, e acho que é o blog mais bonito que eu já visitei. Eu amei os textos,e poesias, vc eh mtu criativa, as imagens são lindas, e eu já vou comecar a seguir!! o texto do sótão é emocionante, guria tens que escrever um segundo livro!!

Aliás, eu li que vc mudou de porto alegre para salvador, nossa que mudança! Eu sempre ouvi falar que Porto Alegre tem um inverno um pouco europeu e agora vc está na terra do sol.

Parabéns pelo blog, amei!!

Pobre esponja disse...

A caixa de Pandora!

abç
Pobre Esponja