Me faço de morto


cartas?
me embaralho
paciência...

6 comentários:

Suzy disse...

Gostei do tracadilho. E no geral lindo layout. É incrível como a poesia faz bem para a alma.

Astréia disse...

Adorei, muito bom "Eu faço poesia" por que a poesia vive em mim. E o "desejo do poeta
de exorcizar as emoções até o fim" sempre até o fim de um novo poema.

Parabéns!

Niemi Hyyrynen disse...

Hey,


Adorei o jogo de palavras e a imagem só veio a reforçar a sua expressão.

A imagem do às não poderia ser outra e não essa, perfeito.

=D muito doce.

Bruna Cabral disse...

Hahahahahaha

Adorei o trocadilho, parabéns

Beijão

Rubens Rodrigues disse...

Cartas... paciência... às vezes elas ajudam, mas as vezes nos embaralham ainda mais. Depende muito do conceito, do ponto de vida e do que estamos passando!

http://poesiainconstante.blogspot.com/

Karina Kate disse...

Cartas nada. até tenho uma guardadas... na manga! haha