Tua ausência em mim




sinto falta de nós dois,
dos suores nos lençóis
impregnando nossa cama

sinto falta do teu corpo
dos odores misturados
ao desejo feito chama

sinto falta da tua voz
do teu beijo após o ato
da carícia, do teu tato

sinto falta da tua mão
segurando a minha mão
coração num só compasso

sinto falta do abraço
no após, o corpo lasso
aprisionando como algema

sinto falta de rimar
o teu verso com meu verso
nosso amor num só poema

5 comentários:

Juliana disse...

Nossa, estou encantada! Vc tem um talento incrivel para escrever, transpassa tanta emoção, de uma maneira tao forte e ao mesmo tempo tao suave! parabéns!!!

Fábio Flora disse...

Sentir falta de lençol cheirando a suor? Não, obrigado. Abraços e sucesso com o blog!

MasterFodox disse...

bonito!

30 e poucos anos. disse...

Q saudade heim?
Será q não é melhor largar a pedra e tocar a vida não?

luiz scalercio disse...

primeira ves que
eu entro no seu blg
gostei muito prbns.
bellissimo poemas
gosto muito .