Metamorfose


Quando a noite enfim chegou
e teu olhar pousou em mim
meu corpo incendiado
como um casulo enfeitado
de fitas e de cetim
rendeu-se ao teu encanto
e entre prazer e espanto
no teu amor renasceu
e enquanto o sol dormia
antes que chegasse o dia
num céu quase azul violeta
eu deixei de ser lagarta
para ser tua borboleta

16 comentários:

Branca disse...

Ahhhhh que lindooo!! Tambem quero virar borboleta !! ^^

bjooos

Passa no meu pra conhecer!

ღ_☆Lu☆_ღ disse...

Nossa, simples mas muito bonita a poesia. Eu adorei.
Rimas bem construidas e ficou doce.
Amei.=D

Camyli Alessandra disse...

gostei da sua poesia simples e bonita
e gostei do seu canto tbm :)

Cidadã do mundo disse...

Vc sempre visita meu blog, entao vim aqui retribuir as visitinhas e dizer primeiro que amei seu blog, o layout é lindo e amei os poemas... nossa sao simples e belos... e neste quem nao sonho em virar um linda borboleta hein?

Lorena Caldeira Lemos disse...

Que lindo !

♥♥NaNnA BeZeRrA♥♥ disse...

Oi, Alice
perdoe-me pelo coments lá na Comu. Não havia percebido que era voce, pois quando cliquei no seu ID fui direcionada para o Blog APDCOR, e lá não te identifiquei corretamente, como deveria.Sendo que até o estou seguindo. Mais uma vez, me desculpa.
Eu amei os seus poemas, de uma profundidade total.
Vc sabe tocar a alma humana com muita suavidade e vigor.
Beijão!

joão victor borges disse...

É verdade, de certa forma evoluímos com o amor... quando ele não é real, no entanto, regressamos.

http://anpulheta.blogspot.com

Camyli Alessandra disse...

ok, vi o comentário de alguns e visitei o blog desses e vi que não tinha comentários seus ...
mas enfim, desculpe o mau entendido que ocorreu.

Vaunei Guimarães disse...

poxa bem legal...gostei...to t seguindo

http://vauneiguimaraes.blogspot.com/

Esconderijo disse...

Nossa, parabéns, que belo poema. Esse blog, por sinal, está se tornando referência na hora de buscar poesias. Gostei do perfil qdo dissestes que a vida parecia ser palntar árvores, ter filhos e escrever um livro, mas não (como mesmo comentastes), é muito mais que isso. Adorei!

Um abraço.

Volte mais no ESCONDIDIN: http://escondidin.blogspot.com/

saudeecompanhia disse...

Excelente o poema!Vivemos numa constante metamorfose!

Camaleão Daltônico disse...

Muito bom,

espero que algum dia eu encontre a minha borboleta ^^

Fabricio bezerra da guia disse...

Eu sei o que esse texto significa.Muito interessante

Liipee disse...

Há alguns meses atrás fiz um depoimento lindo relacionado a casulos e de como virar uma borboleta.
senti uma simplicidade e uma emoção nunca sentida lendo esse teu poema,
ótimo mesmo,
fã.
:*

Jeh Pagliai disse...

Tão lindo...
Adorei pela simplicidade, e síntese tão fofa...

Parabens :D

Beijinhos

---
www.jehjeh.com

Larissa Diniz disse...

MARAVILHOOOSO, parabens